Voltar 

O Turismo em Sernancelhe
 
            "Sernancelhe é um concelho fértil, banhado por rios de transparentes águas e envolto por colinas verdes, lugares privilegiados para caminhar, caçar, pescar e perder horas e dias a velejar ou remar sob o sol reconfortante da região"
 É uma frase de verdade e realidade que identifica o território de Sernancelhe no plano físico e natural tal como é.
Mas também,
              "Sernancelhe é terra de aldeias históricas, de monumentos, de mosteiros e solares, capital da castanha, região do bom granito e onde a inteligência humana sempre o moldou, em conjunturas de tal forma complexas, que parece inimaginável a confecção de obras em material tão difícil de moldar"
E, os valores culturais e tradicionais?          
              "Sernancelhe está recheados de Festas e Romarias; em romagens à Nossa Senhora da Saúde em Fonte Arcada, ao Santuário da Senhora da Lapa e outros; à dinâmica de exposições de arte no recente Posto de Turismo; à Festa anual da Pedra; ao concurso internacional de Guitarra Clássica; à matança do porco; à batida aos javalis; aos magustos; às competiçoes desportivas... o berço de Aquilino Ribeiro"
E as pessoas?
              "Sernancelhe conserva ainda uma uma população com peculiaridades culturais e humanas muito características: conservadora, conhecedora dos antecedentes culturais, enraizada nos hábitos e costumes tradicionais, orgulhosa da sua postura e personalidade, amigos do seus amigo.
             No mundo da irracionalidade chamamos: raça pura"
 
Por detrás das fronteiras de Sernancelhe, vivemos actualmente num país poluído, monótono e insensível à cultura e valores que sempre nos regeram e identificaram com Portugueses, homens de iniciativa, originais, de ideias e de descobrimentos.
Para o lazer e férias em parceria com certo enriquecimento cultural, não existem muitas alternativas nos grandes aglomerados populacionais...
 - As cidades situam-se no mundo do betão, da poluição e do stress - não dão para relaxar.
 - As praias, apenas disponíveis no Verão, estão repletas de gente, não oferecem a recompensa dum ano de labuta para o habitante citadino, e de modo algum convidam aqueles, que se encontram debaixo de stress ou depressão (a denominada  doença do século), à reflexão ou introspecção do que vai de abstracto na vida deles.  
 - Existe na verdade uma necessidade do contacto com a natureza.
É sabido que o para o ser humano, e seu seu  equilíbrio biopsicosocial, não é só determinante o bom relacionamento familiar, social e laboral. Também só os hábitos sociais rotineiros de cultura, convívio, reconhecimento e enriquecimento cultural, não bastam. É necessário e importante o contacto com a natureza, por vezes a solidão, por que não? e o comportamento de outros valores culturais mais próximos da natureza, da realidade, do mundo em que nascemos (longe da realidade citadina e excessos populacionais). 
 
Fala-se tanto em pacote de férias!!!
Se houver uma oferta de vales, planaltos e montanhas verdejantes? Ou então de mirantes e ermidas? De linhas de água não poluídas ou uma grande albufeira convidativa para toda uma diversidade de desportos náuticos? Zonas de caça plenas de paisagens atraentes à sua volta? Uma aldeia isolada e sem os sinais da industrialização ou modernidade vindos do início do século XX? Ou então reviver uma zona Histórica ou Santuário de referência dos séculos que nos precederam?
Discuto o meu concelho: onde nasci, onde me baptizei, onde casei, onde exerço a minha profissão e cada vez mais gosto de viver: SERNANCELHE, nome estranho para alguns, conhecido por outros. Referência cultural e religiosa, paisagística e gastronómica... Território de boa constituição, carácter e valores.
Possui:
 - Aldeias históricas - Fonte Arcada, Ferreirim e Freixinho
 - Aldeias culturais - Carregal, com o pátio "Aquilino Ribeiro"
 - Aldeias com monumentos, mosteiros, solares e pelourinhos.
 - Aldeias com peregrinação religiosa - Lapa, Fonte Arcada e Vila da Ponte.
 - Toda uma conjuntura de 17 freguesias (incluindo a sede do concelho) com características muito peculiares que as
    caracterizam individualmente, seja na dinâmica cultural, hábitos, ou mesmo nos pequenos sotaques linguísticos,
    personalidades e vestuário. 
 - Pequenos aglomerados populacionais, seja territórios anexos de aldeias, ou as denominadas quintas.
Possui:
 - A albufeira do Távora
 - Pequenas linhas de águas despoluídas, parte delas afluentes do Távora
Possui: 
- Canados e vales
 - Planaltos e montanhas
 - Matas e Matagais
 - Zonas de cultivo
 - Espaços para caça
 - Caminhos agrícolas com uma rusticidade e diversidade de paisagens, que encantam qualquer espectador que os explore.
Possui:
 - Unidades de Turismo: A Casa da Comenda de Malta em Sernancelhe
                                     O Hotel Rural - Convento de nossa Senhora do Carmo em Freixinho
Possui:
 - Gastronomia típica: - As cavacas de Freixinho, Os Fálgaros do Convento da Tabosa, o magusto de castanhas, o cabrito
                                    assado, os peixes do rio Távora em escabeche.                                                                       
Possui:
 - Posto de Turismo - que divulga com grande dinamismo os trabalhos culturais relacionados com o concelho
 - E mais?
                   As superstições deste povo beirão
                   As lendas, mito e realidade da história de algumas aldeias
                   A albufeira do Távora que soterrou uma aldeia, pontes romanas, quintas, e espaços onde D. Afonso Henriques
                                       batalhou para conquistar o território portucalense.
 
Uma visita a Sernancelhe, saborear um fim de semana, e porque não gozar umas férias grandes, na actualidade é possível e atractivo; a acessibilidade ao concelho é óptima; dista 57 Km de Viseu e 40 Km de Lamego em boa estrada. É óptimo o estado e qualidade dos pavimentos de todas as estradas municipais. As infra-estruturas hoteleiras existentes, satisfazem já o turista mais exigente, desejoso de conforto e boa estadia.
O povo é hospitaleiro e receptivo, é fiel, e reconhecido aos seus amigos, mas um pouco desconfiado, a uma primeira impressão, como é óbvio. Gosta de se divertir e conviver, mas segundo os rituais tradicionais. É humilde, espontâneo e sincero; se cria confiança, acredita, se a perde, ofende-se, torna-se descrente e é orgulhoso.
 
   
          "Todos os dados e informações referidas neste texto sobre Turismo, seja a visualização de fotografias, sejam factos históricos ou vivências das populações, a história das várias localidades, ou mesmo a acessibilidade ao concelho,  informações sobre roteiros gastronómicos ou de estadia turística, estão disponibilizados na presente homepage, nos capítulos identificados"

   Voltar